Chorando a Saudade

A saudade quando bate
Bate, bate, bate fundo
Deixei a volta das casas
Peguei a estrada do mundo
Se alguém disser que chorei
Pode crer que é verdade
Eu tava longe de casa
Quando bateu a saudade

Chorei, chorei, chorei, chorei
Chorei, chorei, chorei, chorei
Chorei pensando na mulher que eu mais amei
Chorei, chorei, chorei, chorei
Se ela estivesse lá
Ela chorava também

O sol pintando nos morros
Onde moro todo dia
A lua vem pelas ruas
Com as pratas da poesia
Alguém serve um chimarrão
Com a velha hospitalidade
E a fumaça do fogão
Vai chorando uma saudade

Não pergunte aonde ando
Ando perdido no mundo
Não deixo rastro onde passo
Quem liga pra um vagabundo
Todo pranto desse canto
Quando bate uma saudade
Me faz lembrar do rincão
Onde mora a felicidade

Voltar